AnálisesPeriféricos

Razer Raiju Tournament Edition Quartz [Gamepad]

O Razer Raiju Tournament Edition não é novo para nós e as versões Quartz muito menos, tendo já experimentado o Huntsman, Seiren X, Kraken e Base Station. Sendo um gamepad de elite adequado ao emergente mercado de streaming, a marca optou por também o disponibilizar em versão rosa, num equipamento que procura agradar todas as gamers, das mais hardcore às mais casuais. Esta análise vai ser uma versão mais curta, com foco sobretudo no visual, pelo que devem consultar a análise da versão normal para consultar em detalhe o produto.

Podem ver este produto on-site aqui: Razer Raiju Tournament Edition

Condições de teste

Sistemas utilizados:
Hardware
Processador Intel Xeon E5-2620
Placa-mãe ECS X79R-A Deluxe
Placa gráfica MSI RX 570 8GB
Memória Exceleram DDR3 32GB Red Kit (4x 8G)
Fonte NZXT E850
AOC U3277PWQU
Razer Deathadder Elite + Razer Mouse Bungee
Razer Deathstalker
SanDisk SSD PLUS 480GB
Toshiba X300 5TB
Jogos
FPV Drone Simulator
RaceRoom Racing Emulator
Deep The Game

Dados sobre o produto

Tipo de produto: Gamepad para PS4 e PC
Função/utilização alvo: Gaming competitivo
Gama da preços: Aproximadamente 150€ pelo Website oficial

Análise

Com foco na análise, o melhor é verem o resultado do que foi a versão normal deste comando, que foi testado em PS4 1º e este segundo teve foco em gaming em Windows.

Conclusão

O Razer Raiju Tournament Edition Quartz é um gamepad que nasceu para o gaming, com uma cuidada atenção aos detalhes e construção, para vos oferecer o melhor a cada clique e uma ergonomia superior. Esta versão procura atrair para este mercado o público feminino, fazendo parte do grupo original de periféricos com que a marca anunciou a linha Quartz. Gosto especialmente de este ser adequado a quem, como eu, tem as mãos um pouco maiores e de ter entrada para o os auscultadores em baixo, facilitando imenso que me afaste do ecrã sem o entrave do cabo de áudio.

Prós
# Qualidade de construção
# Duração da bateria
# Ergonomia para longas sessões

Contras
# Curva de aprendizagem longa e demorada
# Botões da palma traseiros por vezes difíceis de evitar

Galeria


Fotos Macro com a Minolta MD MACRO 50mm f3.5 do Sítio do Cano Amarelo – https://canoamarelo.com/

Razer Raiju Tournament Edition Quartz

150€
9.5

Desempenho Gaming

10.0/10

Qualidade construção

9.0/10

Conforto / Ergonomia

9.0/10

Ruído

9.0/10

Design

10.0/10

Tecnologias

10.0/10

Precisão

9.0/10

Rapidez

10.0/10

Prós

  • Qualidade de construção
  • Duração da bateria
  • Ergonomia para longas sessões

Contras

  • Curva de aprendizagem longa e demorada
  • Botões da palma traseiros por vezes difíceis de evitar
Previous post

devolo disponibiliza atualização gratuita que melhora a segurança das redes Wi-Fi com WPA3

Next post

NZXT anuncia uma nova linha de fontes de alimentação - C Series

Luís Alves

Luís Alves

Cargo: Fundador & CEO
Naturalidade: Santa Maria da Feira

Atualmente no 5º ano do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica na FEUP (especialização Automação), licenciado em Engenharia Mecânica pelo IPV.

Sou o moda’a’foca original, um dos guru do modding e tecnologia em Portugal. Desde novo autodidata, sempre gostei de criar, inventar e inovar. Na base tecnológica gosto além do modding, de sistemas de refrigeração a água, hardware e um novo fascínio pela impressão 3D. Considero bastante importante a partilha de conteúdos e conhecimentos.

Desde Abril de 2014 podem também me encontrar na Rubrica PLUG da revista PCGuia todos os meses. Em Julho de 2017 fundei as Hashtag Dondoca, um projeto de Lifestyle no feminino em português onde sou director artístico.