AnálisesPeriféricos

Razer BlackWidow PT-PT (2019) [Teclado gaming]

A Razer atualizou um dos seus mais conhecidos teclados mecânicos em 2019, o BlackWidow, e decidiu dar um carinho especial aos Gamers que falam (e escrevem) português com o lançamento do periférico em layout PT-PT. Esta nova edição pretende ser a linha base nos periféricos da marca, optando assim por renovar também os switches utilizados para o modelo em atual produção e todas as funcionalidades para o Synapse 3.

Podem ver este produto on-site aqui: Razer BlackWidow PT-PT

Condições de teste

Sistemas utilizados:
Hardware
AOC U3277PWQU
Razer Deathadder Elite + Razer Mouse Bungee
Processador Intel Xeon E5-2620
Placa-mãe ECS X79R-A Deluxe
Placa gráfica MSI GTX 950 Gaming 2G
Memória Exceleram DDR3 32GB Red Kit (4x 8G)
Fonte NZXT E850
SSD 2.5″ Crucial BX500 120GB 3D TLC
Toshiba X300 5TB

Software
Windows 10
Razer Synapse 3.0 Beta

Jogos
APEX Legends
Fornite
Quake Champions
Dead Space

Dados sobre o produto

Tipo de produto: Teclado mecânico
Função/utilização alvo: Gaming
Gama da preços: Aproximadamente 129,99€ na Razer Store
Versão: Layout PT-PT

Conclusão

O Razer BlackWidow, nesta versão de 2019 e layout PT-PT, vem confirmar as apostas no mercado português por parte da marca, no segmento Premium em que a Razer se insere. O refresh era mais do que necessário para este periférico em específico, cuja versão original testada por nós data em cinco anos. O som mais ruidoso, mais táctil e gamer de um teclado mecânico, é o foco do modelo que tivemos em teste e cumpriu bem a todos os nossos desafios. A inclusão mais positiva, e necessária, foi a possibilidade de escolher por onde o cabo USB sai do teclado, visto que muitas opções de interacção com o teclado, como as Macro e o HyperShift continuarão a passar ao lado dos gamers mais casuais. Se forem um gamer exigente, o custo-benefício deste produto melhora e aí sim, têm aqui uma brilhante arma de guerra.

Galeria

Razer BlackWidow PT-PT

129,99€
9.4

Desempenho escrita e navegação

9.0/10

Desempenho Gaming

10.0/10

Velocidade

10.0/10

Ruído

8.0/10

Conforto/Ergonomia

8.0/10

Design

10.0/10

Tecnologias

10.0/10

Qualidade de construção

10.0/10

Prós

  • Desempenho
  • Visual bem conseguido
  • Lettering todo iluminado pelo Chroma
  • Disponível em layout PT-PT

Contras

  • Não dispõe de apoio de pulsos
  • Poderá ser um teclado alto demais para alguns utilizadores
Previous post

Razer Blade Pro 17 ainda mais nítido com ecrã 4K a 120Hz

Next post

Canon EOS M200: Simplesmente incrível, incrivelmente simples

Luís Alves

Luís Alves

Cargo: Fundador & CEO
Naturalidade: Santa Maria da Feira

Atualmente no 5º ano do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica na FEUP (especialização Automação), licenciado em Engenharia Mecânica pelo IPV.

Sou o moda’a’foca original, um dos guru do modding e tecnologia em Portugal. Desde novo autodidata, sempre gostei de criar, inventar e inovar. Na base tecnológica gosto além do modding, de sistemas de refrigeração a água, hardware e um novo fascínio pela impressão 3D. Considero bastante importante a partilha de conteúdos e conhecimentos.

Desde Abril de 2014 podem também me encontrar na Rubrica PLUG da revista PCGuia todos os meses. Em Julho de 2017 fundei as Hashtag Dondoca, um projeto de Lifestyle no feminino em português onde sou director artístico.