AnálisesGamingJogos

GRIS – Um indie que é uma experiência audiovisual

Em GRIS a primeira coisa que fica bem assente é que graficamente o jogo é divinal. Não sou uma pessoa de me agarrar facilmente a jogos, muito menos indies. Os jogos indies sempre me deixaram de pé atrás e só experimento se achar que vale mesmo a pena, e mesmo …

LER MAIS →
AnálisesGamingJogos

Baba Is You ou Quebra-cabeças bloco-a-bloco

Um coelhinho branco que vive num mundo em que tudo e todos, incluindo ele mesmo, sofrem de um grave problema de identidade. É a forma de condensar o jogo Baba Is You numa frase. Um jogo altamente galardoado em Independent Game Jams que à primeira vista tem uma aparência evocativa …

LER MAIS →