GamingJogos

Rise of Tomb Raider 20th Anniversary

Depois da jovem arqueóloga, Lara Croft, ter sido lançada “aos leões” no primeiro jogo do reboot em 2013 volta em Rise of Tomb Raider com a missão de provar que o seu pai não era louco. Rise of Tomb Raider foi buscar tudo o que o primeiro jogo tinha de bom e melhorou tornando o jogo mais fluido e interessante.

Lara viaja pelo mundo determinada a honrar a memória do seu pai e de se auto afirmar. Passar por ambientes gélidos, perigos desmedidos, violência, muita violência para chegar ao seu objetivo final. Mas claro Lara não está sozinha nesta jornada e tem uma organização antagónica atras de si para a impedir de encontrar o que pretende. Todo o sistema do jogo é interessante e interativo. Desde as Habilidades aos ambientes cheios de relíquias, documentos que levam a Tomb Raider a aprender novas línguas ao sistema de combate, todos foram bem construídos. Neste campo apenas tenho a apontar que o sistema de combate é muito vulgar obrigando a que sejam as armas a trazer algo de diferente ao combate e na resolução dos vários puzzles durante a jornada de Lara a câmara do jogo por vezes não permite um uso rápido de movimentos. A História está muito bem escrita e apresenta várias reviravoltas mas é pequena, terminei o jogo em 13h e 30 minutos sem ter muito esforço conseguindo chegar ao fim da história com várias relíquias e documentos descobertos.

Tomb Raider apresenta vários “mundos” e não estamos presos a um único trajeto. Existem várias “Side Quests”, Tumbas, que podemos explorar e muitas outras coisas a fazer além da missão principal.

O ponto que mais me chateou foi a música ambiente do jogo que por vezes passava despercebida mas a que era audível era interessante e agradável.

Rise of Tomb Raider é um jogo interessante mas que de certa forma me desiludiu em alguns pontos, principalmente no final. Lara continua a ser uma personagem de peso e bastante intrigante e promete trazer mais aventuras e perigos para a sua sequela, que sairá em Setembro deste ano.

Versão testada: Rise of Tomb Raider 20th Anniversary

Rise of Tomb Raider 20th Anniversary

7.8

História

7.0/10

Gráficos

8.5/10

Jogabilidade

7.5/10

Otimização

8.0/10

Longevidade

7.5/10

Cinemática

9.0/10

Música

7.0/10

Prós

  • Mundo semi-aberto e bonito
  • História bem escrita
  • Sistema de combate fluido e inteligente

Contras

  • Sistema de Combate genérico
  • Música por vezes despercebida
  • Final pouco explorado
Previous post

Swiftech anuncia kits AIO Drive X3

Next post

Deepcool lança nova caixa: MATREXX 55 ATX

Paulo Castro

Paulo Castro

Cargo: 3D Print R&D
Naturalidade: Vila do Conde
Licenciado em Engenharia Mecânica pelo ISEP e com Grau de Mestre em Engenharia Mecânica, com especialização em Automação, na FEUP. Gosto de aprender coisas novas e por essa razão estou sempre à procura de algo novo para fazer. Tendo a oportunidade de adquirir uma impressora 3D não hesitei e desde então tenho explorado tudo este novo mundo.