AnálisesJogos

Fire & Steel

Introdução

Data de Lançamento: 14 de dezembro de 2021

Plataformas: Windows

Desenvolvedor: Kreatin Studios

Preço: 3.99€

Descrição: Estavas tu bem a dormir, quando te acordam em grande chinfrim, em plena 2ª guerra mundial, e decides dar umas palavrinhas. Pois que és Aiden, um dragão jovem, que traduz as palavras em chamas e bolas de fogo.

Metodologia

Género:  Arcade Aerial Shooter

Modo: Single Player

Condição de Vitoria: Completar o jogo.

Gameplay Overview: Fire & Steel é o equivalente a um first dragon shooter, onde assumem o lugar dum dragão do tipo Wyvern vermelho para as batalhas. Estão em plena 2ª guerra mundial e não assumindo nenhum dos lados, todos são vossos inimigos. Têm um ataque base, disparar labaredas enormes e um especial, uma bola mais lenta mas poderosa. O jogo está dividido em actos, que dividem o jogo em capítulos.

Gráficos & Som

Para compreenderem a dinâmica do jogo, fiquem com o walkthrough completo dividido em 3 atos:

Análise

Interface: Considero o HUD suficiente para tudo o que acontece e nos é pedido enquanto dragão.

História: Somos um dragão que é incomodado do seu sono a meio da segunda guerra mundial e decidimos matar tudo o que nos ataque, qualquer que seja a fração. Vão acontecendo pequenas reviravoltas no jogo e no geral, achei a história mais sólida que alguns títulos que a deveriam ter e não têm.

Comunidade: A página Steam do jogo é confortavelmente ativa, o que já produziu algumas atualizações ao jogo.

Sensação de Recompensa: Em conjunto com o potente áudio, conduzir o inferno aos nossos inimigos é muito divertido. Somos livres para escolher como o fazer e que abordagem seguir, e isso acaba por fazer de cada missão uma aventura muito recompensante.

O que mais gostamos: O jogo é divertido, os gráficos bastante bons e os níveis podem ser concluídos de formas bastante diferentes. Os desafios adicionais ajudam a prolongar o jogo de forma interessante.

O que menos gostamos: O controlo por teclado por vezes cria movimentos menos fluídos, no que no geral é um jogo bastante cinemático. Ficámos a querer mais níveis, porque nos estávamos a divertir bastante.

Conclusão

Fire & Steel é um jogo de fantasia bem conseguido, onde no papel do dragão Aiden sobrevoamos os ares, destruindo não só tudo o que voa mas tudo o que está no terreno e no mar também. Conforme o jogo avança têm de se tornar mais rápidos, tomarem melhores decisões ou serão aniquilados por tropas da 2ª guerra mundial. É um jogo curto, mas acessível e que com as missões na Steam que podem quintuplicar o tempo necessário para concluir tudo, num ambiente sempre divertido, e quente, muito quente.

Se quiserem partilhar momentos de gaming connosco, juntem-se ao nosso Discord na secção de Gaming! Bons jogos!

Fire & Steel

3.99€
8.2

História

8.0/10

Gráficos

8.0/10

Jogabilidade

8.0/10

Otimização

9.0/10

Longevidade

8.0/10

Cinemática

8.0/10

Prós

  • É muito divertido
  • A história é interessante o suficiente
  • Há bons achivements
  • Gráficos adequados

Contras

  • Poderia ser mais longo
  • A fluidez de movimento em teclado é um pouco feia
Previous post

NiceHash QuickMiner - Evitar BSOD no Win11?

Next post

Acer expande o seu portfolio de produtos cco-conscientes com novos portáteis Vero

Luís Alves

Luís Alves

Cargo: Fundador & CEO
Naturalidade: Santa Maria da Feira

Sou o moda’a’foca original, um dos guru do modding e tecnologia em Portugal. Desde novo autodidata, sempre gostei de criar, inventar e inovar. Na base tecnológica gosto além do modding, de sistemas de refrigeração a água, hardware e um novo fascínio pela impressão 3D. Considero bastante importante a partilha de conteúdos e conhecimentos.

Desde Abril de 2014 podem também me encontrar na Rubrica PLUG da revista PCGuia todos os meses, a escrever sobre modding, refrigeração a água, pc build e overclocking.

Em Julho de 2017 fundei as Hashtag Dondoca, um projeto sobre saúde mental, agricultura, minimalismo e sustentabilidade, onde sou diretor artístico.

Atualmente no 5º ano do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica na FEUP (especialização Automação), licenciado em Engenharia Mecânica pelo IPV. Trabalhei durante 6 anos como Engenheiro de Processo na área de semicondutores, para clientes no mercado automóvel e de consumo.