AnálisesRefrigeração

be quiet! Dark Rock TF 2 [Dissipador CPU]

Dissipadores horizontais, como o hoje anunciado be quiet! Dark Rock TF 2 são uma minoria no mercado, mas isso não significa que seja pelo seu desempenho. O modelo anterior fez imenso sucesso, quer pela capacidade térmica, como silêncio e aspecto visual. A linha Dark Rock é das mais high-end do mercado, com materiais de qualidade e engenharia de topo, ou não seriam capazes de atingir os 230W de TDP que prometem com ventoinhas tão silenciosas.

Para colocar às prova este dissipador vamos utilizar um Ryzen 3900X, um dos modelos mais potentes da terceira geração de Ryzen, que exigirá bastante do dissipador. Uma vantagem destes modelos é que como atiram ar ao longo de toda a placa mãe arrefecem memórias, circuitos de alimentação e até os discos m.2 se estes estiverem expostos.

Podem ver este produto on-site aqui: be quiet! Dark Rock TF 2

Condições de teste

Sistemas utilizados:
Hardware
Processador AMD Ryzen 9 3900X @ 4,2 GHz
Placa-mãe GIGABYTE X570 Aorus Elite
Placa gráfica Gigabyte RX Gaming 570 8GB
Memória Corsair DDR4 32GB RGB (2x 16GB)
Fonte NZXT E850
Caixa be quiet! Pure Base 600 Orange
Samsung NVMe 970 EVO Plus
Toshiba X300 5TB
AOC Gaming U3277PWQU + Philips Brilliance 241B
Razer Deathadder Elite + Razer Mouse Bungee + Razer Gigantus V2 M
Razer Deathstalker

Adversários
Gelid Phantom Black
be quiet! Shadow Rock 3
EK AOI 240 D-RGB
NZXT Kraken Z63
NZXT Kraken X72

Software
CineBench R23
Intel Burn Test

Dados sobre o produto

Tipo de produto: Dissipador CPU
Segmento: Dark Rock
Gama/Série: TF
Função/utilização alvo: Computadores Gaming e Workstations silenciosas
Gama da preços: 89€

Análise

Dissipadores horizontais, como o hoje anunciado be quiet! Dark Rock TF 2 são uma minoria no mercado, mas isso não significa que seja pelo seu desempenho. O modelo anterior fez imenso sucesso, quer pela capacidade térmica, como silêncio e aspecto visual. A linha Dark Rock é das mais high-end do mercado, com materiais de qualidade e engenharia de topo, ou não seriam capazes de atingir os 230W de TDP que prometem com ventoinhas tão silenciosas. Prontos para o conhecerem?

Capítulos do vídeo:
00:00 Introdução
01:38 Unboxing
01:57 Instalação
04:19 Ruído
05:58 Temperatura
06:58 Benchmarking
07:12 Veredicto

Em termos de temperaturas, colocamos o dissipador contra outros gigantes do mercado com o nosso poderoso 3900X e os resultados são fantásticos:
Imagem

Conclusão

O be quiet! Dark Rock TF 2 é um dos dissipadores mais bonitos e poderosos do mercado. As suas linhas são muito suaves, o sistema de retenção é super simples e discreto e o sistema de clips para ventoinhas passa até despercebido. Como utiliza muito bem todo o espaço sobre a placa mãe, as ventoinhas utilizadas são grandes, podendo funcionar em rotações menores e mesmo assim arrefecer tudo eficazmente. Têm um formato invulgar no mercado mas se utilizam caixas com lateral transparente ou sistemas HTPC (seja de entretenimento ou workstation), este é um dos melhores dissipadores que podem encontrar.

Galeria

be quiet! Dark Rock TF 2

89€
9.2

Desempenho (performance)

9.0/10

Desempenho (silencioso)

10.0/10

Ruído

10.0/10

Montagem e configuração

9.0/10

Trocar ventoinha

8.0/10

Capacidade de cooperação (airflow)

10.0/10

Compatibilidade (sockets)

9.0/10

Compatibilidade (caixas)

10.0/10

Instruções e manual

8.0/10

Pasta térmica

9.0/10

Prós

  • Desempenho espectacular
  • Sistema muito silencioso
  • Visual incrível
  • Contribuição para o arrefecimento de todo o sistema

Contras

  • O manual não explica tudo relativamente a posição do dissipador e encaixe das ventoinhas
  • A montagem da ventoinha de baixo não é fácil
Previous post

Potion Craft: Alchemist Simulator - Playtest

Next post

Razer - Acessórios para alcançar o teclado perfeito

Luís Alves

Luís Alves

Cargo: Fundador & CEO
Naturalidade: Santa Maria da Feira

Atualmente no 5º ano do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica na FEUP (especialização Automação), licenciado em Engenharia Mecânica pelo IPV.

Sou o moda’a’foca original, um dos guru do modding e tecnologia em Portugal. Desde novo autodidata, sempre gostei de criar, inventar e inovar. Na base tecnológica gosto além do modding, de sistemas de refrigeração a água, hardware e um novo fascínio pela impressão 3D. Considero bastante importante a partilha de conteúdos e conhecimentos.

Desde Abril de 2014 podem também me encontrar na Rubrica PLUG da revista PCGuia todos os meses. Em Julho de 2017 fundei as Hashtag Dondoca, um projeto de Lifestyle no feminino em português onde sou director artístico.