AnálisesJogos

Duel on Board – Piratas pixelados

Introdução

Data de Lançamento: 4 março 2021
Plataformas: Nintendo Switch, Microsoft Windows, macOS
Desenvolvedor: rebel rabbit
Preço: 6.59€ (Steam)
Descrição: Arghhh! Hora dos piratas se divertirem! Em Duel on Board, um jogo com versão singleplayer ou multiplayer (dividindo o mesmo teclado), são vários os mini jogos que exploram os dois principais objetivos de um pirata: beber cerveja e não tomar banho no mar. No vídeo de hoje exploramos os vários mini jogos que o jogo inclui, na dificuldade mais baixa!

Metodologia

Género:  Indie – Casual – Tiro
Modo: PVP ou PVE
Condição de Vitoria: Beber mais cerveja e não cair ao mar.
Gameplay Overview: O mundo de Duel on Board é muito simples, pixelado e com tudo o que o mundo pirata tem direito: cerveja, futebol e lutas (parece que temos uma clara inspiração em piratas portugueses). Os vários mini jogos são diferenciados e divertidos, todos partilhando as mesmas quatro teclas direcionais, que tanto parecem poucas para tanta diversão, como muitas para tanta agitação (marítima e até extraterrestre).

Gráficos & Som

O nosso gameplay dos vários modos do jogo:

Análise

Interface: Os menus são simples, sem grandes explicações em formato “aprende marujo”. Falta sem dúvida um tutorial de cada modo, especialmente para conseguir enfrentar o PVE nos níveis mais elevados.
História: Pirata não tem passado, vive para a próxima cerveja, uma de cada vez. Aqui é igual.
Comunidade: Não existe mas seria muito importante um modo PVP online.
Sensação de Recompensa: O jogo confia em nós para escolher a pessoa certa no PVP local e isso estraga tudo. Ter de dividir teclado é injusto, especialmente quando um tem acesso a teclas direcionais simples mas o outro tem se interpretar o WASD. Acreditem, faz a diferença e é anti climático ver boas jogadas do nosso adversário serem colocadas em check por este “delay” de diferença de input.
O que mais gostamos: O visual pixelado, o carisma e o conceito de cerveja como troféu é bastante divertido.
O que menos gostamos: Não existindo explicação das batalhas de forma fácil, introduzir novos amigos no PVP não tem muita piada, é como chamarmos alguém para jogar um jogo que inventámos. Os entraves adicionais como gelo, trovões e extraterrestres podiam ser utilizados como tutorial e mini modo de história.

Conclusão

Duel on Board é um jogo refrescante de batalhas pirata por uma cerveja e roupa seca, mas cujo modelo PVP é a sua verdadeira perna de pau: pequenas decisões locais podem enfiar rapidamente o jogo no baú. O visual é maravilhoso, a música cumpre a função mesmo sem se destacar mas é fundamental um bom tutorial ou mini modo de história para preparar os piratas para a jornada. Um modo PVE online poderia ajudar imenso o jogo a se afirmar como um bom entretenimento entre amigos.

Duel on Board

6.59
7.9

História

6.0/10

Gráficos

9.0/10

Jogabilidade

8.0/10

Otimização

8.0/10

Longevidade

7.0/10

Cinemática

9.0/10

Música

8.0/10

Prós

  • Bons mini jogos
  • Divertido para PVP
  • Gráficos e animações

Contras

  • Sem tutorial
  • PVE desbalanceado
  • Pode ficar aborrecido rapidamente
Previous post

Sockventure - Aventuras na máquina de lavar a roupa

Next post

M.A.R.S - Closed Beta [Videojogo]

Luís Alves

Luís Alves

Cargo: Fundador & CEO
Naturalidade: Santa Maria da Feira

Atualmente no 5º ano do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica na FEUP (especialização Automação), licenciado em Engenharia Mecânica pelo IPV.

Sou o moda’a’foca original, um dos guru do modding e tecnologia em Portugal. Desde novo autodidata, sempre gostei de criar, inventar e inovar. Na base tecnológica gosto além do modding, de sistemas de refrigeração a água, hardware e um novo fascínio pela impressão 3D. Considero bastante importante a partilha de conteúdos e conhecimentos.

Desde Abril de 2014 podem também me encontrar na Rubrica PLUG da revista PCGuia todos os meses. Em Julho de 2017 fundei as Hashtag Dondoca, um projeto de Lifestyle no feminino em português onde sou director artístico.