AnálisesJogos

Quantum League [Antevisão – Early Acess 0.8.4]

Se já viram algum filme com viagens no tempo, sem falha, é passada a mensagem de não alterar o passado, pois pode ter resultados catastróficos. Quantum League ignora completamente este conceito.

Uma ronda normal do jogo consiste de três instâncias subsequentes umas às outras, mas ao mesmo tempo simultâneas, em que o jogador é deparado com uma seleção de armas diferentes e cuja escolha desta faz parte da parte estratégica do jogo. Há dois modos de jogo, em que um se assemelha a um TDM e um segundo cujo objetivo é colocar o máximo de personagens controladas pelo utilizador num ponto de controlo ao fim do tempo da ronda final. Para além dos elementos estratégicos já indicados, o jogo também exige que o jogador esteja bem ciente do seu posicionamento, pois existe friendly fire e há um mapa disponível que mostra os trajetos das instâncias prévias.

Embora tenha um mecanismo interessante, o gunplay é banal a fraco e após umas poucas rondas o jogo não tem muito mais para capturar a atenção do jogador, chega mesmo a parecer “vazio”.

Esperemos que o Roadmap da equipa da Nimble Giant Entertainment para o passar de Early Access a jogo final consiga corrigir estes problemas, para atrairem o público que necessitam para o jogo ter sucesso no mercado.

Introdução

Data de Lançamento: 26 de maio de 2020

Plataformas: PC

Desenvolvedor: Nimble Giant Entertainment

Preço: 18.99€

Descrição: Quantum League é um FPS multi-player que brinca com paradoxos do tempo. O que significa isto? Que vão retroceder no tempo, podendo ou não evitar alguns eventos, renascer clones ou dessincronizar no tempo os vossos inimigos.

Genero: Shooter

Modo: PVP

Versão em teste: 0.8.4

Gameplay

Este foram os nossos primeiros trinta minutos no Early Access da versão 0.8.4!

No nosso primeiro jogo 2 contra 2 no formato captura de ponto Quantum League Game mostra do que é feito! São no mínimo 12 lutadores (4 de final round e os seus clones) a disparar pelo campo de batalha, onde fogo amigo e fogo próprio (podemos patentear a expressão?) também podem acontecer. Uma loucura!

 

Previous post

Novos Razer Blade 15 e Razer Blade Pro 17 com gráficas NVIDIA GeForce RTX Série 30

Next post

A Very Bad Christmas Eve

alex1440

alex1440

Cargo: Indie Gamer
Naturalidade: Rio Tinto

Atualmente estudante no ISEP a realizar uma licenciatura em Engenharia Eletrotécnica de Sistemas Elétricos de Energia.

Tenho uma certa afinidade a jogos indie, inicialmente devido a limitações de hardware, mas o gosto nunca desapareceu. Também sou um grande amante de cinemas. Em geral uma apreciação e curiosidade por coisas novas.