Notas de ImprensaNotícias

Proteção antimicrobiana do smartphone com as soluções da Hama – Vidros e capas

Nota de imprensa

Proteção antimicrobiana do smartphone com as soluções da Hama

Melhor do que estar constantemente a limpar o smartphone é ter uma solução que evita a acumulação de microrganismos. E é exatamente essa a abordagem da Hama com as suas novas capas e vidros protetores especiais.

Clique ou Ctrl-clique na imagem para fotos de alta resolução ou siga a ligação no final deste email

Lisboa, 27 de outubro de 2020 – O ano de 2020 – e a pandemia que parece estar ainda para ficar mais algum tempo – colocou no topo das nossas preocupações a higienização de objetos a que, até agora, não dávamos grande atenção. O smartphone, que a maioria das pessoas tem hoje consigo quase em permanência, e cuja manipulação constante se tornou numa potencial fonte de contaminação, está certamente entre esses objetos.[1]

Como é óbvio, nada substitui a limpeza e desinfeção dos nossos smartphones, mas não é menos que verdade que, na prática, são poucos aqueles que regularmente o fazem.

E é aqui que surgem as soluções da Hama da sua gama de produtos “Antibacterial”, destinadas a smartphones Apple e Samsung. Estes produtos incluem referências em duas áreas distintas: capas e vidros de proteção.

Vidros Hama “Anti-Bluelight+Anti-bact.”

A Hama alargou a sua gama de vidros de elevada resistência para proteção de smartphones com os modelos “Anti-Bluelight+Anti-bact” que possuem o nível 11 (o mais alto) de proteção atribuído pela Hama.

Em termos de vantagens para a saúde, este é um vidro que oferece um benefício duplo, ao conjugar a filtragem de luz azul (independentemente das definições do sistema operativo do telefone) com uma superfície antibacteriana.

A luz azul emitida pelos ecrãs LCD e OLED é prejudicial para a saúde especialmente a partir do final do dia, podendo contribuir, em algumas pessoas, para distúrbios do sono.[2] O revestimento ótico incluído nestes vidros protetores é mais eficaz do que o software do sistema operativo do smartphone na redução da luz azul, ao mesmo tempo que mantém o equilíbrio tonal das cores.

Em termos de proteção e higiene direta do vidro, a Hama utiliza na sua superfície um material com iões de prata que inibe o crescimento de microrganismos bem como um revestimento que repele o óleo dos dedos e, assim, evita a acumulação de impressões digitais e sujidade na sua superfície.

Todos os vidros protetores incluem um acessório que facilita a centragem e colocação do vidro, bem como um pano de limpeza anti-estático de microfibras.

Estes vidros protetores estão disponíveis para sete modelos Samsung Galaxy das séries A e S bem como para modelos Apple iPhone 6, 7, 8, SE 2020, 11 e 12. O preço, consoante as versões (e o tamanho) oscila entre 29,99€ e 34,99€.

Capas Hama “Antibacterial”

A Hama introduziu na sua vasta gama de capas para smartphones uma nova gama, chamada “Antibacterial”, destinada a dispositivos Samsung Galaxy e Apple iPhone. Estas capas, quando usadas em conjunto com os vidros “Anti-Bluelight+Anti-bact.” oferecem uma proteção antibacteriana de 360º do smartphone.

Trata-se de capas transparentes em policarbonato, com um revestimento especial de iões de prata que é ao mesmo tempo resistente aos riscos e à sujidade e que previne o crescimento de microrganismos.

Estas capas estão disponíveis para smartphones Samsung Galaxy das séries A (A31, A41, A42 5G, A51) e S (S20 e S20+) bem como para modelos Apple iPhone 7, 8, SE 2020, 11 e 12. O preço é de 19,99€ para qualquer um dos modelos.

Mais informação: https://pt.hama.com

[1] https://theconversation.com/mobile-phones-are-covered-in-germs-disinfecting-them-daily-could-help-stop-diseases-spreading-135318

[2] https://www.health.harvard.edu/staying-healthy/blue-light-has-a-dark-side

Previous post

Razer entra no futuro das consolas com as Xbox Series X|S

Next post

NZXT H700i + i7 10700K + 2060 Super

Luís Alves

Luís Alves

Cargo: Fundador & CEO
Naturalidade: Santa Maria da Feira

Atualmente no 5º ano do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica na FEUP (especialização Automação), licenciado em Engenharia Mecânica pelo IPV.

Sou o moda’a’foca original, um dos guru do modding e tecnologia em Portugal. Desde novo autodidata, sempre gostei de criar, inventar e inovar. Na base tecnológica gosto além do modding, de sistemas de refrigeração a água, hardware e um novo fascínio pela impressão 3D. Considero bastante importante a partilha de conteúdos e conhecimentos.

Desde Abril de 2014 podem também me encontrar na Rubrica PLUG da revista PCGuia todos os meses. Em Julho de 2017 fundei as Hashtag Dondoca, um projeto de Lifestyle no feminino em português onde sou director artístico.