AnálisesHardware

NZXT H700i Matte Black [Caixa de computador]

A NZXT H700i marca a opção Full ATX da marca nas caixas inteligentes e elegantes. Com recurso a um Smart HUB com funções similares aos HUE +, é possível não só controlar as AER e fitas de led (incluídas na caixa) da primeira geração como também aceder ao Adaptativo Noise, a componente inteligente das caixas.

As linhas são muito simples e funcionais, com uma caixa cheia de detalhes para facilitar a instalação e manutenção do nosso precioso computador. As laterais, uma de vidro temperado e outra de chapa completa, são fáceis de remover e permitem uma visão magnífica e manutenção rápida, respectivamente.

Outra grande novidade é o sistema de organização dos cabos, que para nós continua a ser um dos grandes truques da linha. Pelo meio ainda encontram uns toques de modularidade, com várias opções para colocar os discos e ventoinhas.

A refrigeração deste modelo é extensa, com diversas opções para agradar a todos os gostos, seja em aircooling ou watercooling. A nossa escolha foi testar este produto no nosso projeto de modding NZXT H700i Origins, com necessidade de modificação da frontal da caixa e onde explorei um pouco mais a caixa.

Podem ver este produto on-site aqui: NZXT H700i

Condições de teste
Hardware
Componentes:
NZXT H700i (preta)
MSI Gaming Z370 PC PRO
Intel i3 8100
MSI GTX 1060 3GB
Corsair Vengeance LPX (4x4GB) 3000Mhz
Cooler Master MasterWatt Lite 500W

Coldware:
# SilentiumPC Fera 3 (com pintura personalizada)
# Frontal (3x 120mm)
# Topo (2x 120mm)
# Traseira (1x 140mm)

Modificações:
# Grelha frontal com acrílico OPAL white
# Grelha 140mm custom (ventoinha traseira)
# Grelha 240mm custom (2x ventoinhas do topo)
# Sleeving CableMod em cobre

Dados sobre o produto
Tipo de produto: Caixa Mid Tower
Segmento: ATX Full Tower
Função/utilização alvo: PC Building e Modding
Gama da preços: Aproximadamente 150€ @ NZXT H700i
Versão em teste: Matte Black

Conclusão
A NZXT H700i é uma ótima caixa para quem ama hardware, mexer nele e o contemplar, graças às linhas cuidadas e grandes painéis laterais. Na nossa necessidade de modificar a caixa, os painéis da frente e topo não provaram ser os mais rápidos de remover, mas são depois muito fáceis de trabalhar. O resultado final do nosso H700i Origins espelha muito bem a capacidade desta caixa de simplesmente e com baixo orçamento, ser manipulável para o nosso gosto. Fazer manutenção é do mais simples que existe, com a lateral esquerda a sair ao toque de um botão na traseira. O sistema de cabos faz as opções de outras marcas parecerem soluções improvisadas, e um ponto extra para os filtros de pó fáceis de remover.
A H700i é a versão grande desta linha, existindo ainda a H500 (ATX normal) e H200 (mITX) que partilham muitas das características e vós convido a conhecer.

NZXT H700i Matte Black

~150€
9.3

Qualidade construção

10.0/10

Design

10.0/10

Aircooling

8.0/10

Watercooling

8.0/10

Modding

9.0/10

Ruído

9.0/10

Cablagem

10.0/10

Instalação

10.0/10

Opções de personalização

9.0/10

Extras e funcionalidades

10.0/10

Prós

  • Design premium
  • Apto para pcbuilders iniciantes
  • Grande capacidade para cooling
  • Caixa fácil de modificar com muitos painéis lisos

Contras

  • Formato da frontal pode comprometer a refrigeração
  • Pode não ser simples configurar o Adaptative Noise
Previous post

MMD lança o novo Philips 272B1G, um monitor focado na sustentabilidade

Next post

Dia Mundial do Wi-Fi 2020: Cinco dicas da devolo para um Wi-Fi melhor

Luís Alves

Luís Alves

Cargo: Fundador & CEO
Naturalidade: Santa Maria da Feira

Sou o moda’a’foca original, um dos guru do modding e tecnologia em Portugal. Desde novo autodidata, sempre gostei de criar, inventar e inovar. Na base tecnológica gosto além do modding, de sistemas de refrigeração a água, hardware e um novo fascínio pela impressão 3D. Considero bastante importante a partilha de conteúdos e conhecimentos.

Desde Abril de 2014 podem também me encontrar na Rubrica PLUG da revista PCGuia todos os meses, a escrever sobre modding, refrigeração a água, pc build e overclocking.

Em Julho de 2017 fundei as Hashtag Dondoca, um projeto sobre saúde mental, agricultura, minimalismo e sustentabilidade, onde sou diretor artístico.

Atualmente no 5º ano do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica na FEUP (especialização Automação), licenciado em Engenharia Mecânica pelo IPV. Trabalhei durante 6 anos como Engenheiro de Processo na área de semicondutores, para clientes no mercado automóvel e de consumo.